SET
07
QUALIDADE DA CRIAÇÃO NACIONAL É REALÇADA NO GRANDE PRÊMIO DO ANIVERSÁRIO DO CHSA

Nesse sábado, 7/9, Feriado da Pátria e 84º Aniversário do Clube Hípico de Santo Amaro (SP), maior clube do hipismo brasileiro, o jovem talento paulista Guilherme Foroni estreou com Cornet Silver JMen, de apenas 8 anos, com vitória no GP, a 1.55 metro, válido pela 4ª etapa do ranking brasileiro Senior Top.

Dos 37 conjuntos, conforme a regra, 12 habilitaram-se à 2ª volta, dentre os quais nove sem faltas. Mas somente três fecharam os dois percursos idealizados pelo course-designer internacional Gabriel Malfatti sem derrubes.

Antepenúltimo em pista, Guilherme e Cornet Silver JMen, garanhão filho de Cornet Obolensky em Calisco JMen, foram perfeitos: duplo zero em 41s99, marca que lhes garantiu a vitória no GP.

 

Guilherme Foroni com Cornet Silver JMen, orgulho para criação nacional
(Luis Ruas)

 

"Eu monto o Cornet Silver, de propriedade do Haras Agromen, desde os quatro anos. Muitas vezes achei que o desenvolvimento dele era tardio, mas hoje em nosso primeiro GP juntos garantimos a vitória", disse Guilherme, 26, que já "cavalgava na barriga da mãe" e é considerado especialista na formação de cavalos novos.

"Agradeço ao Haras Agromen por confiar o Cornet a mim e também ao meu pai Edgar que sempre acreditou nele. No dia a dia treinamos no Haras Catherine em São Roque, de propriedade da minha família, mas agora sou recém sócio do Clube Hípico de Santo Amaro e vou dividir a minha agenda para trabalhar aqui também. Nossa próxima competição é o GP Internacional do Indoor na Hípica Paulista e depois do Haras Agromen, criatório do Cornet e onde eu também gostaria de muito de vencer."

Sagrou-se vice-campeão o cavaleiro amador da casa Marcio Appel que apresentando Challenger Z, um sela holandês de 14 anos, com duplo zero em 47s92. A 3ª colocação ficou com a amazona paranaense que defende São Paulo Luciana Camargo com Cayanna B Jmen II, animal de criação nacional do Haras Agromen de 10 anos, duplo zero, 49s49.

Dos seis primeiros colocados, somente Challenger, do vice-campeão Mario Appel, não é de criação nacional.

"Esse resultado aponta para evolução da criação nacional e também o bom trabalho feito por nosso cavaleiros e amazonas na formação dos cavalos", destacou Ronaldo Bittencourt Filho, presidente da Confederação Brasileira de Hipismo.

 

 


GP Dierberger Fragances - 1.55 metro
Campeão Guilherme Foroni / Cornet Silver JMen - FPH - 0/0/41s99
Vice Mario Appel / Challenger Z - FPH - 0/0/47s93
3° Luciana Camargo / Cayanna B JMen II - FPH - 0/0/49s45
4º José Luiz Guimarães de Carvalho / Lousiania JMen - FPH - 0/4/40s49
5º Rodrigo Chaves Nunes / Diamant SH - FPH - 4/0/44s30
6º André Nascimento Xavier / GR Garuda - FPH - 4/0/45s08